Como definir o preço da entrega / frete do seu e-commerce

como definir o preço do frete no seu e-commerce

Toda loja virtual já se deparou com o seguinte desafio em algum momento: a precificação do frete. Ao mesmo tempo que o recurso viabiliza as vendas online, o valor cobrado pelo envio pode se tornar um obstáculo para os negócios virtuais. Quando não calculado e planejado estrategicamente, o frete pode comprometer o caixa e os resultados da empresa.

A cobrança do serviço interfere diretamente no preço final que o cliente está disposto a pagar e é um dos grandes motivadores de abandono de “carrinho”. Muitas vezes, o consumidor visualiza o valor do produto, se interessa em comprá-lo, mas desiste da operação quando considera o valor do envio alto. Por outro lado, quando é percebido como um benefício, essa escolha no check-out da compra deixa de ser visto como uma cobrança, para virar um ganho.

Segundo a coordenadora do Escritório de Negócios em Comércio Eletrônico (ENCE) dos Correios, Debora Sacomandi, acertar a mão na hora de precificar o frete é um fator decisivo para estimular as vendas e estreitar a relação com os clientes. “Oferecer um valor de frete equilibrado e competitivo demanda estudo e análise criteriosa. Quando isso é feito corretamente, o retorno tende a ser muito positivo, tanto para as finanças quanto para a imagem do e-commerce. Os clientes percebem o valor da oferta e, assim, são conquistados e fidelizados”, ressalta.

4 tipos de precificação de frete

Para estabelecer a política de frete da sua empresa, o melhor caminho é planejar as estratégias de precificação e entender a formação de preço dos seus produtos. Tão importante quanto promover descontos de frete é garantir que ele seja aceito entre o seu público e recorrente em novas vendas. Ações agressivas podem comprometer a sustentabilidade do seu negócio, por falta de respaldo financeiro para a sua manutenção.
Confira abaixo quatro estratégias de precificação de frete:

Frete fixo
O lojista estabelece um valor fixo para todas as remessas, ou por região, para facilitar a comunicação da sua política de frete. Para isso, a loja virtual analisa os valores médios de frete e institui o fixo, se comprometendo a assumir a diferença. Se a média das remessas é R$ 20, por exemplo, e valor do frete fixo é R$ 9,90, a diferença de R$ 10,10 será paga pelo vendedor.

Frete grátis
Sinônimo de venda certa, é o mais querido dos consumidores. A estratégia em que o lojista assume integralmente os custos de envio pode ser utilizada de forma permanente ou em eventos especiais: promoções por 24 horas, compras realizadas aos fins de semana, trocas de coleções ou datas comemorativas. É recomendável definir um valor mínimo de compra para acesso ao benefício e instigar o cliente por meio de recursos visuais, como barra progressiva.

Frete surpresa
Tipo de frete que pode ser utilizado como estratégia de marketing, já que é uma outra forma de cativar o cliente. Se ele escolheu, por exemplo, uma modalidade econômica no check-out, receber o produto antes do previsto, por meio de um serviço de entrega expressa, certamente será surpreendido de forma positiva.

Frete regionalizado
Aquele em que o valor é estabelecido de acordo com a localidade da entrega do produto e varia de acordo com o custo que o lojista deseja assumir. Pode ser setorizado por estados, regiões geográficas, divisas, dentre outros.

Os tipos de precificação descritos acima podem ser adotados e atualizados em qualquer tempo. A escolha das estratégias deve estar sempre alinhada aos resultados esperados para a sua empresa, ao planejamento de vendas estabelecido para o seu negócio e considerar aspectos técnicos, financeiros e de localização, assim os preços praticados nas tabelas dos transportadores, por exemplo.

O seu e-commerce pratica alguma dessas estratégias de frete? Se precisar de ajuda, conte com a equipe do Escritório de Negócios em Comércio Eletrônico (ENCE) dos Correios para personalizar sugestões de frete para a sua empresa. É só entrar em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhe Agora!